A voz e as cores de Ana Cañas – Rio Center

A voz e as cores de Ana Cañas

 

Você conhece a Ana Cañas? Certamente deve ter ouvido algumas de suas canções presentes nos discos “Amor & Caos” (2007) e “Hein?” (2009). Esse último trouxe inclusive o sucesso “Esconderijo”, tocado na novela “Viver a Vida” da Rede Globo. Em seguida Ana gravou a música “Pra Você Guardei o Amor”, dueto com Nando Reis, com quem também trabalhou na faixa “Luz Antiga”.

Uma das vozes da chamada nova MPB, Ana Cañas se diferencia, de outras cantoras de voz doce, pela ousadia em ir mais fundo ao misturar uma diversidade de elementos e ritmos.  Cañas sentiu-se atraída pela música ao ouvir o jazz de Ella Fitzgerald, entretanto flerta ainda com o rock, com o reggae e inevitavelmente com a MPB, ovacionada por nomes como Chico Buarque, Paulinho da Viola, Nando Reis e Ney Matogrosso.

Seu terceiro disco se chama “Volta” e foi gravado inteiramente ao vivo com canções autorais inéditas e versões para clássicos como “La Vie Em Rose”, “Stormy Weather” e “Rock and Roll” do Led Zeppelin. Para conceber o novo álbum, Ana fez como os Rolling Stones, os Chili Peppers ou o Los Hermanos: se refugiou do mundo para trabalhar sua arte em um lugar afastado, escolheu um sítio em Vargem Grande no Rio. Depois de pronto, foi masterizar o álbum em Londres, no mesmo estúdio em que Amy Winehouse trabalhava. O resultado é um delicioso disco pop, bem realizado e diversificado em cores e texturas. “Volta” já chegou aqui na Rio Center e para conhecer um pouquinho dele é só dar o play na faixa “Será Que Você Me Ama?”:

 

 

Comece a digitar e aperte Enter para buscar

Carrinho